Associações comunitárias

1. Uso de suporte Recopet

Da mesma forma que as Cooperativas, as Associações Comunitárias podem se engajar em projetos de recolhimento de frascos e garrafas Pet pós-consumo com a utilização do Suporte RECOPET nas Unidades Residenciais Familiares que façam parte da Associação ou no seu entorno.
Para noção da geração ou aumento de renda que poderá ser obtido, vamos considerar uma determinada Associação em uma região com 50.000 habitantes em qualquer Município, composta por número de Unidades Residenciais Familiares cujas famílias sejam formadas por 4 pessoas, concentradas ou não em condomínios (horizontais ou verticais):

50.000 habitantes;
12.500 Unidades Residenciais Familiares;
215.000 kg de garrafas Pet (somente as descartadas no lixo doméstico);
R$ 301.000,00/ano – (considerando-se preço R$ 1,40/kg da garrafa Pet prensada/limpa – junho/2011).

2. Uso de equipamento pré-reciclador de garrafas PET

A falta de espaço para armazenamento de garrafas Pet pós-consumo é, na maioria das vezes, o principal motivo para que Associações Comunitárias deixem de organizar a coleta em seu entorno.

Alia-se a isso o fato de que precisariam de equipamentos para prensagem e manuseio de pesados fardos.
O equipamento pré-reciclador de garrafas Pet, que estamos desenvolvendo, permitirá a redução de volume instantânea dessas garrafas Pet em pelo menos 4 vezes, reduzindo então o seu espaço para armazenamento, que certamente poderá ser reduzido ainda mais com métodos de prensagem manuais.
Esse equipamento é capaz de pré-reciclar até 500 garrafas Pet/dia, consequentemente terá pré-reciclado 5.000 Kg em 30 dias com regime de trabalho de 8 horas, gerando receita de R$7.000,00 (preços de junho 2012).
A população consumidora estimada, suficiente para fornecer garrafas Pet a uma pré-recicladora, é de 12.500 habitantes.
(Ver detalhes da Pré-Recicladora na página específica).

2011 - todos os direitos reservados - Recopet